No mundo da inteligência artificial são as pessoas que fazem acontecer: meus insights sobre RD Summit.

 In autoconhecimennto, Business Coaching, Chai Carioni, Coaching, Comportamento Humano, Desenvolvimento Pessoal, Empreendedorismo, Life Coaching, Workshops e Eventos

O melhor do RD SUMMIT foi estar junto com meus COACHEES e AMIGOS! Afinal, no mundo da inteligência artificial são essas pessoas que fazem a festa acontecer.

 

Nos dias 7, 8 e 9 de novembro aconteceu o RD SUMMIT 2018 na minha cidade em Florianópolis, um evento impecável na integração (conteúdo, pessoas e organização), sobre marketing, vendas, estratégias e gestão.

Nas fotos: Maria Claudia, Juliana, Mariana, Carol, Amanda, Debora, Fabio e Gustavo

Pergunte o que eu achei?

Amei, óbvio! Marcelo Taz fez uma palestra falando sobre saber perguntar e falar com coração, onde ele provocou sobre “viés”, ou seja, a maneira como você recebe informação. Vivemos na abundância das informações e na escassez do tempo, portanto, deixo uma pergunta:

Porque perdemos tanto tempo debatendo interpretações de viés?

Aproveite e coloca no calendário anual de eventos a observação “tem que ir!”.  Além de você, convide a sua equipe e os seus clientes.

Antes que você me pergunte sobre meus clientes eu irei reafirmar: sim leve seus clientes, porque você nunca conseguirá absorver o mínimo suficiente para repassar a eles o conteúdo e a experiência de um evento como esse.

O ponto alto do RD Summit para mim foi ter lá a conexão ainda mais forte com meus clientes, considerando inclusive as diferentes “personas” que eu tenho como coachees, todas essas “personas” estavam lá representadas comigo. Eles seguiram sua própria trilha de palestras e ao mesmo tempo aproveitaram um pouco das orientações que repassei para cada um, afinal como Coach de Business eu fiz a sinergia do negócio e do momento de cada um com a agenda do evento, pois tinha em média 8 palestras simultâneas. Isso pode ser desesperador para quem é indeciso ou desorganizado, mas é um play para mim, ainda mais com o aplicativo bombando no meu celular.

 

Assisti muitas palestras sobre desenvolvimento humano, assunto que é meu core business, mas confesso que fui com uma visão estratégica de ver o que e como estão apresentando estes temas a um público potencial de 12 mil pessoas, que está em busca de autoconhecimento, propósito e crescimento. A maioria do que vi nesta área me agradou, especialmente as salas cheias, o que reforça que estamos todos no caminho certo: evoluir como seres humanos.

Por falar em humanos, ficou claro em muitas palestras que estamos na era da inteligência artificial, aliás o Summit começou com a maravilhosa Martha Gabriel, autora do livro de título “ Você, eu e os Robôs” e a frase que anotei para compartilhar com vocês deste encontro na Plenária foi: “ Pessoas medíocres são melhores com tecnologia do que especialistas que não usam tecnologia”, ou seja, não lute contra o que o movimento natural da nossa época está nos permitindo, aprender cada vez mais com o novo.

Passaram por lá Ricardo Amorim que deu um banho (como diz o manezinho) falando de economia, história e muito sangue quente nas suas considerações, o que faz com que reforce minha tese de que “agressividade” é uma das competências profissionais emocionais mais relevantes neste momento. Agressividade é posicionamento, arquétipo do guerreiro comunicador, não tem nada haver com violência, mas com assumir a postura do que se acredita: ser quente ou frio, nunca morno.

Por fala em manezinho, a última e emocionante palestra destes 3 dias, não foi uma palestra, foi um show do Guga! Ele é carismático, autêntico e humano na essência, foi lindo demais ver sua família assistindo e ele tirando selfies com a galera no meio do seu show.

Fiz milhares de anotações, fotos, Stories. Tive muitos insights do que quero continuar fazendo, do que preciso fazer urgente e do que preciso mudar. Fiz um networking de grande valor, entendi muitas questões do meu dia a dia apenas porque estava ali imersa para aprender e isso já é um ganho gigante para nós que sim precisamos deste tempo às vezes e por fim dancei muito ao som do Monobloco que fechou a festa.

Quero mais uma vez reforçar que esse evento é um #temqueir e deixar para vocês as palavras que ficaram marcadas na minha experiência RD SUMMIT 2018:

Mindset = As pessoas são co-criadoras do seu mundo. Criar experiências positivas mudam os resultados.

Coaching = Definitivamente é o método que nos coloca em ação assertiva.

Propósito = Compartilhar nossa visão é o que transforma as pessoas em conscientes e verdadeiramente conectadas com a causa.

Liderança = Alta performance está associada à feedback, visão de dono, criatividade e paixão.

Resiliência = Treino e autoconhecimento são as chaves.

Ego = A palavra! No meu TCC de formação em Coach Profissional em 2012 eu já tinha escrito: Bons profissionais precisam ser ego-less, ou seja, esquecer a vaidade e deixar as perguntas tomarem o papel de serem as respostas: ESCUTE MAIS!

 

Um beijo e já temos um encontro marcado no ano que vem #RDSUMMIT2019. (Juro que não sou patrocinada por eles, aliás comprei o passaporte VIP no 6º lote, resumindo paguei “caro”, mas posso dizer: foi barato). Invista em seu conhecimento.

Chai

 

Recent Posts

Leave a Comment

Entre em contato!

Tem dúvidas ou quer conversar sobre nossos produtos? Envie-nos um email, entraremos em contato em breve. Obrigado!

0

Start typing and press Enter to search